sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Liberdade



Temos liberdade de ir e vir. De falarmos, pensarmos, de sermos o que quisermos. Sim, é isso que pensamos ter. Pensamos que o mundo capitalista contemporâneo nos deixa escolher, optar pelo nosso estilo de vida. GRANDE equívoco. Hoje, todos vivemos controlados da mesma forma, a diferença é que tudo é mais sutil, mais embutido. Em cada aspecto da vida nos deparamos com formas e regras que devemos seguir, e isso é tão presente em nosso cotidiano que nos acostumamos e nos adequamos naturalmente a esse sistema. Essa situação é muito cansativa, aliás, estou cansada. Cansada de me preocupar com que os outros vão pensar, cansada de não poder ser exatamente o que eu queria ser. Imagino um mundo perfeito, no qual eu sairia de casa de pijama, almoçaria sorvete e pintaria cada parte do meu cabelo de uma cor. Liberdade. Uma palavra que deveria ser extinta do nosso vocabulário, pois perdera o significado há muito tempo. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário