quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Palavras

As palavras me seguem, me fascinam com a profundidade que podem ter, com a intensidade que mudam e envolvem a minha vida. Escreve-las é arte. Escrevendo "exorcizamos, de certa forma, nossos fantasmas". No entanto, me frustro muitas vezes, quando tento utiliza-las para expressar o que sinto e o que penso. Porque, apesar de serem essenciais e incríveis, as palavras ainda não são suficientes para representar exatamente a complexidade que é viver.